Público-alvo

Engenheiros civís, engenheiros ambientais, engenheiros de produção, arquitetos, geólogos, geógrafos, ou em cursos de áreas afins.

Duração

26 módulos ( 1 final de semana por mês )
Carga horária total: 520h

Objetivos

Subsidiar os profissionais com conhecimentos específicos tanto em Engenharia dos Recursos Hídricos quanto em Engenharia de Saneamento Básico, ampliando e acrescentando conhecimentos nestas duas áreas profissionais de Engenharia e Arquitetura que atuam em quaisquer áreas ou outras afins.

Estrutura

  • Introdução à engenharia sanitária, poluição e qualidade da água.
  • Noções de direito ambiental.
  • Avaliação e estudo de impacto ambiental.
  • Hidráulica aplicada à engenharia sanitária.
  • Gestão de efluentes sanitários e efluentes industriais.
  • Projeto de sistemas de esgotamento sanitário I.
  • Projeto de sistemas de esgotamento sanitário II.
  • Técnicas para operação e manutenção de sistemas de esgotamento sanitário.
  • Caracterização e gestão dos resíduos sólidos I.
  • Caracterização e gestão dos resíduos sólidos II.
  • Projeto de sistemas de abastecimento de água I.
  • Projeto de sistemas de abastecimento de água II.
  • Técnicas para operação e manutenção de sistemas de abastecimento de água.
  • Orçamento de obras de saneamento.
  • Planejamento e gerenciamento de obras de saneamento.
  • Execução de obras de saneamento básico I.
  • Execução de obras de saneamento básico II.
  • Licitações e contratos.
  • Gestão de recursos hídricos.
  • Projeto e execução de sistemas de captação de águas subterrâneas.
  • Hidrologia aplicada.
  • Sistemas de drenagem urbana.
  • Métodos construtivos e segurança de barragens.
  • Pequenas centrais hidrelétricas (PCH’s).
  • Metodologia científica.
  • Seminário integrador.

Corpo Docente

» Carlo Renan Cáceres de Brites › Mestre em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade de Brasília (UnB). Graduação em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Atualmente é engenheiro da Superintendência de Monitoramento e Controle de Recursos Hídricos, da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB). Tem experiência na área de Engenharia Ambiental, com ênfase em saneamento e recursos hídricos, principalmente nos seguintes temas: Monitoramento de Recursos Hídricos, Controle da Poluição em Bacias Hidrográficas, Modelagem de Recursos hídricos, Sistemas de Informações Geográficas (SIG), Métodos Multiobjetivo e Multicritério de apoio à decisão, Reúso de Água. Professor do Curso de Engenharia Civil do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF).

» Cristiano Gonçalves Nascimento Gouveia › Especialização em Modelagem de Sistemas Complexos pela Universidade de Brasília (UnB). Atualmente é Coordenador de Estudos Técnicos de Macrossistemas na Superintendência de Projetos da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB).

» Francisco Humberto de Carvalho Júnior › Mestre em Engenharia Civil na área de Saneamento Ambiental pela Universidade Federal de Goiás (UFG). MBA em Gestão e Planejamento de Projetos em Engenharia e Arquitetura. Especialização em Engenharia e Segurança do Trabalho. Especialização em Estatística Aplicada. Especialização em Docência no Ensino Superior. Graduação em Engenharia Civil pela Universidade de Fortaleza (Unifor). Certificado como PMP pelo Project Management Institute no Estados Unidos. Atuação profissional em planejamento, execução e gerenciamento de projetos de: conservação e recuperação ambiental de áreas degradadas com lodo de esgoto; implantação e expansão de sistema informatizado para controle de demandas departamentais - biblioteca ITIL - CITSMART; eventos e seminários; integrações de Geographic Information System - GIS - em projetos voltados à manutenção de redes de água e esgoto. Atuação como docente nos cursos de graduação presencial e à distância de engenharia civil, elétrica e mecânica, arquitetura, administração, análise e desenvolvimento de sistemas, contabilidade, pedagogia e tecnologia da informação em disciplinas voltadas à gestão de projetos, bem como, gerenciamento da construção civil e gestão da manutenção no Centro Universitário do Distrito Federal (UDF). Professor nos cursos de Pós-graduação, MBA Gestão, Planejamento e Execução de Obras e MBA em Engenharia Sanitária e Recursos Hídricos. Assessora empresas projetistas e construtoras na área de planejamento de projetos e obras no ramo civil e ambiental.

» Frederico Romano de Gouveia › Graduado em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). Atualmente é professor de engenharia civil e sanitária no Instituto Monte Pascoal, e Engenheiro Civil e Sanitarista na Vólos Engenharia. Tem experiência na área de Engenharia Sanitária, com ênfase em Saneamento Básico.

» Gabrielly Cristhiane Oliveira e Silva › Doutora em Engenharia Civil (com ênfase em Recursos Hídricos e Meio Ambiente) pela Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (COPPE/UFRJ), com um trabalho na temática da Gestão do Risco de Cheias e do Planejamento Urbano. Graduada em Engenharia Sanitária e Ambiental pela Universidade Federal de Mato Grosso, em março de 2008. Mestre em Recursos Hídricos pela mesma instituição (junho de 2010), onde desenvolveu uma pesquisa sobre o aproveitamento da água de chuva para fins não potáveis nas edificações do município de Cuiabá. Lecionou disciplinas na área de Recursos Hídricos e Saneamento, tais como Hidráulica, Hidrologia, Tratamento de água, Microbiologia entre outras, nos cursos de Engenharia Ambiental e Engenharia Civil da Universidade de Cuiabá entre os anos de 2010 a 2013.

» Luciano de Sá › Mestrando em Engenharia do Meio Ambiente pela UFG. Atualmente é coordenador de projetos na empresa SENHA Engenharia S/S atuando em sistemas de abastecimento de água e sistemas de tratamento de esgoto.

» Marcelo Augusto Sales da Silva › Mestre em Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). MBA em Gestão e Planejamento de Projetos em Engenharia e Arquitetura. Especialização em Engenharia e Segurança do Trabalho. Especialização em Estatística Aplicada. Especialização em Docência no Ensino Superior. Graduação em Engenharia Sanitária Ambiental pela UFMT. Certificado como PMP pelo Project Management Institute nos Estados Unidos. Atuação profissional em planejamento, execução e gerenciamento de projetos de: conservação e recuperação ambiental de áreas degradadas com lodo de esgoto; implantação e expansão de sistema informatizado para controle de demandas departamentais - biblioteca ITIL - CITSMART; eventos e seminários; integrações de Geographic Information System - GIS - em projetos voltados à manutenção de redes de água e esgoto. Atuação docente nos cursos de graduação presencial e à distância de engenharia civil, elétrica e mecânica, arquitetura, administração, análise e desenvolvimento de sistemas, contabilidade, pedagogia e tecnologia da informação em disciplinas voltadas à gestão de projetos, bem como, gerenciamento da construção civil e gestão da manutenção no UDF Centro Universitário. Professor nos cursos de Pós-graduação - MBA Gestão, Planejamento e Execução de Obras e MBA em Engenharia Sanitária e Recursos Hídricos. Disciplinas - Introdução à Gestão a Gestão e Planejamento de Obras, Gestão de Projetos 1 e 2, Orçamento de Obras, gestão de projetos Voltados a Saneamento Básico, Ms Project voltado à Construção Civil. Assessora empresas projetistas e construtoras na área de planejamento de projetos e obras no ramo civil e ambiental.

» Marco Aurélio Holanda de Castro › Pós-doutorado em Engenharia pela Drexel University, PA, EUA. Mestrado em Engenharia Civil - Recursos Hídricos pela University of New Hampshire, NH, EUA. Graduação em Engenharia Civil pela Universidade de Brasília (UnB). Atualmente é professor Titular da Universidade Federal do Ceará e Pesquisador 2-C do CNPq. Pesquisa nas áreas de Métodos Numéricos Aplicados à Engenharia e na área de Hidráulica de Sistemas de Distribuição de Água, Sistemas de Esgotamento Sanitário e Adutoras, bem como na área de Hidrogeologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Elementos Finitos e Elementos sem malha, Uso do EPANET e do SWMM para Simulação e Modelagem. Hidráulica de Redes de Distribuição de água, Redes de Esgotamento Sanitário, Redes de Drenagem e Fluxo Hídrico Subterrâneo e Contaminação de Aquíferos. Neival Xavier › Mestre em Direito, Relações Internacionais e Desenvolvimento pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). Pós-graduação em Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho, e em Direito Processual Civil. Pós-graduando em Docência Universitária pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo) em Goiânia. É professor em pós-graduação no Instituto Monte Pascoal. Professor universitário na área de Direito, com ênfase em Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho, Prática Trabalhista e em Direito Processual Civil, além de ter ministrado aulas de Diireito Administrativo, Tópicos Especiais do Direito, Prática Penal, Criminologia e Monografia em TCC. É também advogado atuante nas áreas trabalhista e cível.

» Neival Xavier › Mestre em Direito, Relações Internacionais e Desenvolvimento pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). Pós-graduação em Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho, e em Direito Processual Civil. Pós-graduando em Docência Universitária pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo) em Goiânia. É professor em pós-graduação no Instituto Monte Pascoal. Professor universitário na área de Direito, com ênfase em Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho, Prática Trabalhista e em Direito Processual Civil, além de ter ministrado aulas de Diireito Administrativo, Tópicos Especiais do Direito, Prática Penal, Criminologia e Monografia em TCC. É também advogado atuante nas áreas trabalhista e cível.

» Newton Emerson Belluco › MBA em Gestão de Projetos pela Escola Brasileira de Economia e Finanças (EPGE). MBA em gestão de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Possui experiência em Direito Comercial, Direito Trabalhista, Direito Tributário e Gerenciamento de Projetos.

» Ricardo Barbosa Ferreira › Mestre pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Graduação em Engenharia Civil com graduação sanduíche na Universidade Federal do Pará (UFPA) e na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (EPUSP). Atua desde 2003 na Eletrobras Furnas Centrais Elétricas S.A. Professor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) desde 2004. Consultor e Auditor da Central de Desempenho Consultoria e Treinamento. Conselheiro do CREA-GO. Membro do Comitê Brasileiro de cimento, concreto e agregados da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT/CB-18. Faz parte do Comitê Técnico Setorial (CTS) de Construção Civil da Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeções (ABENDI). Conselheiro da Câmara da Indústria da Construção pela Federação das Indústrias do Estado de Goiás (CIC/FIEG). Coordenou os Programas Nacionais de Proficiência em agregados e concreto (CT01/INMETRO). Lead Assessor NBR ISO/IEC 17025:2017, Lead Auditor ISO 9001:2015 (Registered STAT-A-MATRIX - USA), Lead Auditor em Gestão Ambiental ISO14001:2015 e Auditor em Gestão em Segurança e Saúde Ocupacional OHSAS18001:2007. Prêmio Destaque na Engenharia do Rio Grande do Sul em 2015 e Honra ao Mérito no Jubileu de Ouro do CREA-GO em 2018. Experiência em Projeto, Construção e Análise de Desempenho e Segurança de Estruturas de Obras de Arte Especiais (OAE - Pontes e Viadutos), Barragens, Estádios de Futebol e Arenas Esportivas, Templos Religiosos e infraestrutura do Setor Elétrico (Usinas Hidrelétricas, Parques Eólicos e Usinas Fotovoltaicas). Coordenador Técnico de Implantação de empreendimentos Mixed use e Condomínios horizontais de alto padrão.

» Rogério Campos › Ph.D. em Engenharia Civil pela University of Newcastle no Reino Unido. Mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Especialização em Engenharia Hidráulica. Graduação em Engenharia Civil pela Universidade de Fortaleza (Unifor). Ex-coordenador do Curso de Engenharia Civil da Faculdade Santa Maria em Cajazeiras – Pernambuco. Membro-suplente do Conselho Estadual de Recursos Hídricos do Ceará, representando a Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH). Em Engenharia Hidráulica, atua principalmente nos seguintes temas: hidráulica fluvial, bacias hidrográficas, transporte de sedimentos, assoreamento de reservatórios, planejamento de recursos hídricos e dinâmica dos fluidos computacional. Consultor independente. Revisor do Journal of Urban and Environmental Engineering e da Revista Brasileira de Recursos Hídricos da ABRH.

Coordenação

Byl Farney Rodrigues da Cunha Junior
CREA 13.260/D-GO

Mestre em Engenharia Civil (Estruturas) pelo PPG-GECON da Universidade Federal de Goiás (UFG). Graduação em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). Coordenador de Pós-Graduação em Engenharia no Instituto Nacional de Cursos (INCURSOS). Tem experiência na área de Engenharia Civil. Atualmente é Engenheiro Civil Sênior (Estruturas/Fundações) na Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO). Tem experiência na área de Engenharia Civil, atuando nos seguintes temas: Análise Dinâmica de Estruturas, Análise e Dimensionamento de Estruturas de Concreto Armado e Estruturas Metálicas.

PRINCIPAIS DIFERENCIAIS

O curso conta com a dupla certificação, ou seja, o aluno obtém 2 certificados de MBA (Recursos Hídricos e Engenharia Sanitária). O curso conta com visitas técnicas a estações de tratamento de esgoto, unidades de sistemas de abastecimento de agua e obras de saneamento. As aulas são conduzidas por grandes nomes do cenário nacional que temos no corpo docente e trabalham com projeto, execução e pesquisa na área. O curso conta com módulos na área jurídica conduzidos por advogados que atuam com construtoras para informar sobre licenciamentos ambientais, licitações, contratos, etc.

Este é o curso mais completo e abrangente do brasil que, de uma forma bem dinâmica e interativa, aborda as temáticas de recursos hídricos e de engenharia sanitária. O nosso egresso possui uma visão sistêmica de todo o processo e sai capacitação para atuar em órgãos públicos, empresas privadas, docência universitária, como consultor independente, etc.

INVESTIMENTO

Para saber o valor do investimento, ou saber mais informações sobre este curso, preencha o formulário abaixo e fale com um de nossos consultores.

SAF - Sistema de avaliação de frequência

Para obter o Certificado Final do Programa, o participante deve ser aprovado tanto nos trabalhos e/ou provas presenciais realizados em cada módulo do curso quanto no Trabalho de Conclusão de Curso.

Assim sendo, será considerado aprovado o participante que cumprir as seguintes exigências:

  • Aproveitamento de, no mín., 70% do curso, isto é, nota final igual ou superior a 7,0 em cada uma das disciplinas;
  • Frequência mínima de 75% da carga horária total de cada disciplina;
  • Apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso.

Pré-requisitos para inscrição

Através de formulário próprio acompanhado de:

  • Cópia Autenticada do diploma de graduação;
  • Cópia Autenticada do RG;
  • Cópia Autenticada do CPF;
  • Duas fotos 3x4.

#EUESPECIALISTA

Mais que um plano de carreira. Um plano de vida.
Não perca tempo! Inscreva-se agora mesmo nesta turma.

* A instituição se reserva o direito de alterar qualquer uma das informações acima, de acordo com sua necessidade, a qualquer momento, sem aviso prévio.

Saiba mais...

  Aguarde!!! Carregando Dados.
 
Código de segurança:   AVFNS
Aguarde!!! Enviando dados...