Luto ambíguo: melancolia e estresse pelo luto de enterros com caixão fechado.

Luto ambíguo: melancolia e estresse pelo luto de enterros com caixão fechado.

Os ritos culturais promovidos socialmente em momentos de morte, como velar o corpo, dão a sensação de despedida ao ente que fica, mas no momento de pandemia já vivido em outras épocas, ou até mesmo em outras situações como vítimas de guerra ou desaparecimentos de longa data nunca solucionados podem deixar quem fica em um processo que não se finda visto a necessidade de uma despedida que nunca ocorrerá de fato.

Luto ambíguo?

A definição de ambíguo traz um sinônimo de vago e incerto, e aplicado ao luto trata-se de algo mal resolvido. O luto ambíguo está relacionado a melancolia e estresse persistentes por uma despedida que não pode ser processada pelo indivíduo principalmente pela falta dos rituais pós-morte ambientados na cultura. 

O verbete que diz que é preciso ver para crer se faz muito presente nesta situação. A ausência do corpo da ideia de ausência temporária e não definitiva, portanto, fechar esse ciclo torna-se mais definitivo visto que a realidade não faz jus a ambientação visual pela falta desses ritos.

De acordo com a especialista Pauline Boss, ainda que posteriormente esse luto precisa ser vivido de uma forma saudável, e reconhecer o óbvio é essencial para isso, mas em virtude das ocorrências da atualidade com a pandemia, manter a realidade palpável tem sido bastante complicado e provavelmente, no futuro, os enlutados por mortes decorrentes do coronavírus que têm altos índices, verão as consequências de uma partida sem despedidas.

O que esperar?

É provável que tenhamos que reinventar alguns rituais para conviver bem numa sociedade onde, possivelmente, possam vir a ocorrer outros tempos tão incertos quantos os que estamos transitando, priorizando a saúde mental dos indivíduos que ficam, mas para todo esse tempo gasto até chegarmos a isso, ainda é essencial aprender a lidar com esse luto de imediato, e aprender a tratar esse luto.

O Instituto Monte Pascoal conta com profissionais preparados para agregar conhecimento a você que pretende trabalhar com esse e outros temas através da especialização em Cuidados interpessoais em situações de morte, perdas e luto. Contate-nos e saiba mais sobre a especialização e tudo que o Instituto pode ofertar a sua carreira. 

ANTERIOR